Domingo, 24/01/2021
Notícias

Vítima tem guincho roubado na BR-369 e fica 3h em mata como refém de bandidos em Cascavel

Na ação, o guincheiro, vítima do assalto, teria ficado como refém dos criminosos em uma área de mata, amarrado por cerca de 3 horas, entre às 15h e 18h

Cotidiano | Publicado em 12/01/2021 14:52

Uma ação conjunta entre policiais rodoviários federais e policiais militares entre o fim da tarde e a noite desta segunda-feira (11) terminou com três homens detidos em Cascavel, suspeitos de roubar um caminhão guincho na BR-369.

 
Na ação, o guincheiro, vítima do assalto, teria ficado como refém dos criminosos em uma área de mata, amarrado por cerca de 3 horas, entre às 15h e 18h.
 
O fato ocorreu na região próxima ao Reassentamento São Francisco. O guincheiro foi rendido com uma faca e mantido como refém enquanto um dos criminosos seguiu com o guincho no sentido a Guaíra.
 
Após 3h como refém, a vítima conseguiu escapar do assaltante e correu até a rodovia, onde conseguiu pedir ajuda a um funcionário da Viapar (concessionária que administra a rodovia) e que passava pelo trecho com um guincho.
 
Neste momento, houve o acionamento das equipes da Polícia Militar e PRF. Os militares obtiveram êxito em localizar o indivíduo que mantinha a vítima como refém. O homem ainda portava a faca, que acabou apreendida.
 
Já as equipes da PRF tiveram conhecimento de que o caminhão já estaria na região de divisa entre o Brasil e o Paraguai, em Guaíra. Os agentes da PRF de Cascavel iniciaram as buscas e obtiveram êxito em abordar um veículo Astra na BR-467 e deter dois homens de 18 e 25 anos suspeitos de envolvimento no assalto. Com estes indivíduos, a PRF ainda localizou cerca de R$ 6 mil em dinheiro, sendo cada um portando R$ 3 mil.
 
Os três detidos foram encaminhados para a 15ª SDP (Subdivisão Policial), para onde foi levado o Astra apreendido e a faca utilizada para ameaçar a vítima.
Fonte: CGN