Corbélia, 20/05/2024
Notícias

Professor de escola pública é afastado do cargo após MPPR denunciá-lo pelo crime de importunação sexual cometido contra cinco alunas adolescentes

Conforme a denúncia, o réu teria cometido a importunação contra cinco adolescentes de 15 anos

Corbélia | Publicado em 08/05/2024 11:06

Em Corbélia, no Oeste estado, um professor de escola pública foi afastado liminarmente do cargo a pedido do Ministério Público do Paraná. Por meio da Promotoria de Justiça da comarca, o MPPR ofereceu denúncia criminal contra o docente, por importunação sexual, e pediu seu afastamento.

Conforme a denúncia, o réu teria cometido a importunação contra cinco adolescentes de 15 anos, todas alunas suas, durante as aulas. Por diversas vezes, ele teria tocado nas vítimas, sem o consentimento delas, falado publicamente sobre questões de cunho sexual referindo-se às alunas, além de ter o hábito de mexer nas próprias partes íntimas durante as aulas.

A denúncia requer a condenação do réu pelos crimes indicados, bem como a definição judicial de valor a ser pago por ele como reparação aos danos causados às vítimas.

Fonte: MPPR